Se eu parar…

Nasrudin e um discípulo foram até a toca de um lobo para capturar um filhote.

O Mullá foi o primeiro a entrar. Deu de cara com um lobo completamente adulto e feroz, que partiu para cima dele. Começou um combate terrível.

No meio da luta o discípulo gritou lá de fora:
“Pare de ficar pulando desse jeito, já estou coberto de terra pela metade!”

Nasrudin, sem fôlego, respondeu:

“Ééé… e se eu parar o que estou fazendo, sua outra metade também vai ficar coberta!”

das histórias do Mullá Nasrudin