Bernadette Bricout – França    +

Professora emérita de literatura oral e responsável da missão “Culturas do Mundo” da Universidade Paris 7 – Paris Diderot. Antiga aluna da Escola Normal Superior, Bernadette Bricout é Professora Doutora Emérita de Literatura Oral no Departamento de Formação e Pesquisa em Letras, Artes e Cinema da Universidade Paris Diderot, onde leciona desde 1981 e da qual foi vice-reitora de extensão e cultura de maio de 2009 a setembro de 2015. Também pesquisadora do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica), Bernadette Bricout é uma das mais renomadas pesquisadoras em tradições orais da França, tendo diversos livros publicados nessa área, assim como em teoria literária. Em 1997, criou o famoso seminário Amphi 21, ciclos de discussões em torno de um tema desenvolvido sob o ângulo duplo da geopolítica e da cultura realizado quatro vezes por ano. Os seminários, que abrem perspectivas sobre as grandes questões do século XXI, continuam a ser realizados, tendo sido acompanhados por mais de 13 mil pessoas no Sciences-Po (Instituto de Estudos Políticos de Paris). Bernadette Bricout publicou, entre outros, os seguintes livros: Le Savoir et la Saveur. Henri Pourrat et le trésor des contes (Gallimard, coll. “Bibliothèque des Idées”), La clé des contes (Seuil), e La mémoire de la maison (Albin Michel), sendo este último considerado como uma edição crítica da monumental coleta de contos do escritor e etnólogo Henri Pourrat (Récits et contes du Livradois). Também organizou obras coletivas como O olhar de Orfeu: mitos literários do Ocidente (Cia. das Letras) e Mémoires du siècle (Seuil). Bernadette Bricout participa regularmente de emissões de rádio na France Inter. Antiga bolsista e laureada da Fundação Singer Polignac, foi condecorada com a insígnia de cavaleira da Legião de Honra da França.